A esfoliação é um tratamento muito importante para a pele, pois elimina impurezas que a deixam com um aspecto danificado.

No corpo, além de ser eficaz contra celulite e gordura localizada, a esfoliação evita pelos encravados. Recomenda-se fazer uma esfoliação três  a quatro dias antes da depilação para remover células mortas e afinar a pele , e três  a quatro dias depois para evitar que os pêlos se encravem.

No rosto, a esfoliação pode ser seguida de algum outro procedimento, como extração dos cravos, máscara facial ou massagem. O importante é sempre finalizar com uma hidratação ou, caso a esfoliação seja realizada de dia, aplique um protetor solar antes de se expor ao sol. É fundamental realizar uma boa hidratação após a esfoliação.

 

Os benefícios que esta ação promove

  • Melhora a textura da pele, deixando-a mais suave, uniforme e tonalizada;
  • Melhora a circulação sanguínea;
  • Remove as células mortas expelidas pelo organismo;
  • Desobstrui os poros, limpando profundamente;
  • Atenua e combate rugas e linhas de expressão;
  • Combate o aparecimento de acnes e cravos;
  • Elimina manchas e marcas de acnes;
  • Estimula a produção de células novas com mais colágeno;
  • Evita oleosidade excessiva;
  • Deixa a pele pronta para hidratação, aumentando a capacidade de absorção dos cremes hidratantes

Como Aplicar:

A aplicação é feita com os dedos, é semelhante a técnica para higienizar,em movimentos suaves e circulares sendo que movemos nossos dedos em círculos menores e em pequenas áreas colocando uma leve pressão  em áreas como o nariz e queixo, que costumam ser regiões mais ásperas.

Dependendo de quão gordurosa e/ou áspera for a pele, faça o peeling entre 1 e 3 minutos .Deixe o esfoliante agir por alguns minutos e remova com água morna. A água morna para remover o peeling deve ser um pouco mais aquecida da água que usamos para a higienização.[i]

 

[i] Texto: Brenda Cícero, Rayane Moraes